Interessado em turismo e aventura? Clique aqui

Amazonas Film Camp

O maior cenário do mundo, ao seu alcance

Nossos serviços

O único set de gravação ao ar livre na Amazônia, preparado para receber profissionais de cinema, TV e fotografia, oferecendo cobertura logística, produção de campo e acomodações.

Orçamentos

Podemos dar-lhe uma estimativa aproximada e mostrar-lhe que o maior set do planeta está ao seu alcance.
Você ficará surpreso com a excelente relação custo/benefício que lhe oferece.

Processos

Tratamos as autorizações e os procedimentos legais necessários.
Localizações, casting, transportes, hospedagem, alimentação, colaboradores especializados, construções efêmeras.

Contatos

Mais de 20 anos operando na Amazônia lhe oferecem a possibilidade de compartilhar o conhecimento de uma sociedade dinâmica tão diversificada quanto a natureza ao seu redor.
Pajés, pesquisadores, pilotos de drone, ativistas ambientais, artistas, técnicos de TV, taxonomistas, pescadores, escaladores, mecânicos...

Cuidamos de tudo

Logística geral

Localizações

Pesquisas & Casting & Construção de cenários

Procura de técnicos locais

O maior set de gravações ao ar livre do mundo

A versatilidade das instalações permite a acomodação de grupos de técnicos, atores e pessoal de apoio.
Auto-suficiência energética, espaços adaptáveis e logística baseada em múltiplas experiências; ingredientes essenciais para obter o máximo desempenho.

O “Amazonas Film Camp” está construído sobre um terreno de 1.500.000 m2
– 800 metros de frente e 2 quilômetros de profundidade.
O 1º set na Amazônia dedicado a fornecer cobertura logística e produção de campo especializada para equipes profissionais de cinema e TV.

A menos de 2 horas de Manaus

Um ambiente rico em natureza e sociedade, próximo aos centros de abastecimento e serviços, permite estratégias de produção eficientes e econômicas.

A natureza na região

As duas espécies de botos são frequentemente observadas, peixes lisos e com escamas, jacarés, sucurijú, tartarugas; porcos-espinhos, preguiças, camaleões e morcegos habitam as muitas ilhas desabitadas que compõem a história natural da Baía de Paroá.
Araras, tucanos, beija-flores, oropendolas, urubus; os céus estão sempre em movimento.
Nos viveiros naturais vizinhos (Arapaima, Colossoma, etc.) as onças-pintadas geralmente rondam e roubam peixes à noite e os comem ali mesmo, deixando as marcas impunes da festa.
A região da selva de terra firme é rica em felinos, primatas, tamanduás, antas, pássaros canoros, borboletas, escaravelhos, insetos miméticos…

A Sociedade Amazônica

A realidade do habitante local, geralmente um imigrante de outras terras mais ou menos distantes, chegado em tempos de especiarias, borracha, ouro, etc; baseia-se na agricultura de subsistência, caça e pesca, coleta de frutas e plantas medicinais, e serviços esporádicos prestados a terceiros de acordo com suas capacidades.
Os caboclos, desde a infância, são capazes de sentir e fazer diferente do que conhecemos em nossas sociedades modernas, desenvolvendo um alto nível de percepção e intuição.
Estas características, fruto da adaptação ao ecossistema mais diversificado do planeta, somadas às inúmeras habilidades que normalmente desenvolvem, fazem deles seres humanos espetaculares e notáveis.
No caso das sociedades indígenas, numerosas como as características que as diferenciam, o contato depende de vários fatores e sempre exigirá um tratamento específico e mais complexo.

Um lugar de grande beleza paisagística

Algumas das produtoras internacionais que escolheram os profissionais do "Amazonas Film Camp" para produzir séries, filmes e documentários que percorrem o mundo.

Estações do ano

Um dos lugares do mundo com mais mudanças, dependendo da época do ano

O verão na Amazônia

Junho a novembro

Há poucas nuvens e muito sol, a temperatura sobe no ar e na água, os peixes procuram profundidade e se concentram em lugares onde aqueles que os comem também se encontram. Nas selvas, é a estação das frutas de verão e da abundância para os habitantes locais.

O nivel das aguas descem lentamente até 15 metros, dependendo da inclinação do terreno que o limita.
 
Poucas e esporádicas chuvas. As mudanças são espetaculares, as costas mostram seus contornos, aparecem praias selvagens, o canal de navegação torna-se estreito e sinuoso.
Há ilhas e ilhotas, muitas aves e espécies mestras na arte da camuflagem.
É também uma época de descobertas milenares. Por toda a região, surgem peças de cerâmica dos povos indígenas que ali viviam séculos antes da chegada dos europeus.

O inverno na Amazônia

Dezembro a maio

As águas sobem lentamente até atingirem seu nível máximo no final de junho.
Em novembro começam as chuvas, que normalmente são mais freqüentes no primeiro trimestre do ano.

A transição entre a água e a floresta desaparece pouco a pouco, criando cenários oníricos.

Novos portais se abrem para penetrar na floresta e, no silêncio das canoas, navega-se através das copas das árvores, sobre metros de águas cheias de vida.

As ilhotas desaparecem, algumas ilhas também, outras diminuem sua presença. Tudo se reflete nas águas criando um espelho infinito.
 
As nuvens filtram a luz e o calor diminui. A selva continua sem parar, agora é a época das frutas de inverno.

O lugar que eu recomendo para encontrar o que você está procurando

Alejandro Ibáñez, Productor de TV

Nosso trabalho

Síntese das atividades na Amazônia brasileira

No Amazonas Film Camp, como em toda a Amazônia, a altura das águas define a paisagem, o ritmo natural, as vias de acesso, as atividades humanas tradicionais e a luz.

Conquistadores

Serie de TV

Frank de la Jungla

Programa de TV

Ñam Ñam

Programa Piloto

Raposa

Documentário

Planeta Amazonia

Exposição

Korubo

Documentário

Akuntsu

Documentário

Amazonia, Última Llamada

Documentário

Journey into Amazonia

Documentário

Nossas Produções na Amazônia

Produções cinematográficas e expedições do AFC e de sua equipe de profissionais:

Filmes e series de TV

– Wild South America – BBC NHU
– Amazonia, ultima llamada – TVE e Canal+
– Amazon Abyss – BBC
– Venun Hunter – BBC
– Cousteau: Return to the Amazon – PBS y National Geographic
– Korubo, morir matando – Avatar y New Atlantis
– Akuntsu, el fin del mundo – Avatar y New Atlantis
– Finding Bigfoot – Animal Planet
– Amazon – Bruce Parry – BBC
– Wild Frank – Discovery Max
– Clandestino – Discovery Max
– Conquistadores – Global Set y Movistar+
– URUBU – Prointel TV
– One strange rock – National Geographic

Expedições na Amazônia

 – Vale do Javarí (Am)
– Monte Roraima (RR)
– Terra do Meio e Xingu (Pa)
– Serra do Aracá (Am)
– Bajo Rio Branco – (RR)
– Jauaperí medio y alto (Am-RR)
– Raposa Serra do Sol (RR)
– Indígenas aislados Zoé (Pa)
– Indígenas aislados Korubo (Am)
– Indígenas aislados Akuntsu (Ro)
– Archipiélagos de Mariuá y Anavilhanas (Am)
– Territorio Yanomami – Alto Mucajaí (RR)

Contato

Localizado a 36 km da cidade de Manacapuru, o “Amazonas Film Camp” é um grande espaço natural para filmagens profissionais, adaptável às necessidades específicas de cada projeto.

Peça informações, diga-nos quando, quantas pessoas e a duração aproximada do seu projeto, e faremos uma simulação dos custos.

Pronto para começar sua obra?